sábado, 7 de março de 2009

Assédio Moral - "Mobbing"


A forma mais comum dos casos relacionados com o fenômeno bullying acontece entre adolescentes nas escolas. Porém, outro lugar para nos atentarmos a este tipo de violência é no trabalho. Neste caso denominamos “assédio moral” e geralmente é causado por um chefe ou por outra pessoa que possua, dentro de uma hierarquia, status mais elevado do que o da vítima, aterrorizando-a por prazer ou para conseguir maior destaque. Alessandro Constantini e outros escritores utilizam a palavra “mobbing” para intitular as agressões ocorridas no trabalho, nos quais aqueles que exercem algum tipo de poder, ou que simplesmente têm domínio psicológico sobre outros, descarregam sua agressividade cotidiana nas suas vítimas. Estas não têm, pela função exercida ou por características pessoais, possibilidades de defesa e de reação. O artigo 136-A do novo Código Penal Brasileiro institui que assédio moral no trabalho é crime, com base no decreto - lei n° 4.742, de 2001. O Congresso Nacional decreta que “depreciar, de qualquer forma, e reiteradamente, a imagem ou o desempenho de servidor público ou empregado, em razão de subordinação hierárquica funcional ou laboral, sem justa causa, ou tratá-lo com rigor excessivo, colocando em risco ou afetando sua saúde física ou psíquica pode acarretar uma pena de um a dois anos de reclusão”. E mais, neste mesmo artigo 136-A consta que desqualificar, reiteradamente, por meio de palavras, gestos ou atitudes, a auto-estima, a segurança ou a imagem do servidor público ou empregado em razão de vínculo hierárquico funcional ou laboral pode causar a detenção de três meses a um ano e multa. Enfim, Bullying, Assédio Moral ou Mobbing são três ações agressivas permeadas por uma relação de poder injusta e egoísta, marcada descaradamente pelo PRECONCEITO.

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá! Eu faço Ciencias Sociais e estou muito interssada neste assunto como um projeto de pesquisa,mas infelizmente estou tendo dificuldades em encontrar autores que tratem deste assunto de uma forma mais teórica ou que utilizaram esse tema como pesquisa.Na maioria das vezes apenas encontro espécies de guias orientando como agir diante da situação.
Se vc puder me auxiliar me indicando alguam literatura sobre eu ficaria muitísismo agradecida!!

e-mail:vanessa.canedo@hotmail.com